Município

Mesquita – Rio de Janeiro

Ano de vigência do projeto

2009 – 2011

Período de realização

18 meses

O projeto de Desenvolvimento Agroecológico teve por objetivo a capacitação participativa de agricultores familiares em 20 propriedades do município de Mesquita e a formação de Agentes de Desenvolvimento Agroecológico para difusão de experiências com práticas agroecológicas no bioma da Mata Atlântica.

O projeto foi uma resposta à necessidade dos agricultores familiares que vivem nas encostas da Área de Preservação Ambiental de Mesquita, e que há anos enfrentam dificuldades na produção agrícola, tais como:

  • a falta de água devido à seca das nascentes existentes nas propriedades;
  • os incêndios que assolam as plantações na Área de Proteção Ambiental (APA)-Mesquita durante a estação seca;
  • as frequentes visitas e reuniões de religiosos no Monte Guararapes, que faz limite com as propriedades dos pequenos agricultores, deixando detritos e resíduos provenientes de suas atividades religiosas.

O projeto potencializou o desenvolvimento rural dessas comunidades, possibilitando que os agricultores atuem como aliados na preservação ambiental não apenas em suas propriedades, mas também na APA-Mesquita.

Público-alvo

Beneficiários diretos

  • 20 agricultores familiares, entre homens, mulheres e jovens adultos – pequenos agricultores que comercializam sua produção no comércio local; famílias de agricultores que vivem em sítios localizados na APA-Mesquita. Geralmente, esses pequenos agricultores transportam seus produtos em lombo de burros até as feiras mais próximas dos centros urbanos existentes na região. Das 123 famílias existentes, apenas 20 conseguem escoar sua produção para vender em minimercados, quitandas e feiras livres, além de participarem do Programa Compra Direta Local.
  • 100 alunos de ensino de nível médio, com idade entre 16 e 21 anos, que estudam em escolas públicas localizadas no entorno da APA-Mesquita. Os alunos que participaram do projeto foram dos colégios estaduais D. Pedro I e Ana Néri, preferencialmente os que moram no entorno da APA-Mesquita e filhos dos agricultores.

Beneficiários indiretos

  • 3 mil religiosos que visitam o Monte Guararapes para suas práticas religiosas.

Resultados alcançados

  • Capacitação de 20 agricultores para transição do sistema tradicional de produção agrícola (monocultivos, queimas e uso de insumos agrotóxicos) para o agroecológico.
  • Formação de 100 Agentes de Desenvolvimento Agroecológico, que são alunos da rede pública de ensino de nível médio, para atuarem na preservação ambiental da APA-Mesquita e na promoção de educação ambiental dos visitantes religiosos do Monte Guararapes.
  • Distribuição de 5 mil folders informativos aos religiosos que frequentam o Monte Guararapes.
  • Realização de dez Mutirões Comunitários Agroflorestais e Atividades de conscientização ambiental no Monte Guararapes / Horebe e em 20 propriedades rurais.

Parceria: Sindicato Rural dos Trabalhadores de Mesquita

Patrocínio: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae

Projetos e Programas

A Onda Verde atua em diversos municípios com ações de educação ambiental, restauração florestal, apoio a pesquisas científicas, construções sustentáveis e fortalecimento de políticas públicas do setor ambiental para preservar a Mata Atlântica e os ecossistemas urbanos através dos seus projetos. Todas as ações visam à modificação de valores e de comportamentos, contribuindo para melhoria da qualidade de vida das pessoas e diminuição de impactos gerados no ambiente. Confiram os projetos já realizados e em execução.

Realizados Em Execução

Contato

 (21)  2779-4563

 ondaverde@ondaverde.org.br

Copyright © 2017 Entidade Ambientalista Onda Verde. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um Software Livre liberado sob os termos da Licença Pública Geral GNU.